Mel Com Cicuta 

Without the aid of prejudice and custom I should not be able to find my way across the room.

 

William Hazlitt  
      

   

« Home | Liaisons Dangereuses - Moral da história » | Do inevitável » | E.R. » | Saber de mulheres » | O palhaço triste » | [Cameron]- I know two ways of dealing with things... » | Na jukebox mental » | Máxima umbiguista » | Da doença bipolar » | Não tendo nunca nutrido especial interesse pela ... »

Carcavelos [surf emocional]


A manhã tinha sido péssima, fastidiosa. Naquele dia tinha acordado com uma sensação de aridez que já não experimentava há muitos meses. Lembrava-se da última vez que tinha sentido aquilo. Afinal, o coração é um órgão muscular, e, como qualquer músculo que não seja exercitado há muito tempo, fica dolente, e, depois de induzido a esforçar-se, dorido. A tarde adivinhava-se pouco melhor, entre o tédio do direito e a falta de graça da humanidade que lhe viria como apêndice. Resolveram almoçar na praia, andar de pés descalços na areia quente, arrepanhar as calças do fato e molhar os pés nas primeiras águas dos dias de sol. É claro que não é bom ir trabalhar com os sapatos cheios de areia. Mas é óptimo chegar à conclusão que, por pior que às vezes possa ser, mais vale morrer, a viver uma vida que não seja a nossa. A que pudemos escolher. Mesmo que seja para estragar.