Mel Com Cicuta 

Without the aid of prejudice and custom I should not be able to find my way across the room.

 

William Hazlitt  
      

   

« Home | Memo toself: comprar meias anti-derrapantes » | Para quem não acredita na salvação e precisa muito... » | Não viveremos nunca a vida das mortes serenas » | Thinking Blogger Award - Adenda » | Aquela relação era tão crua que se podia comer com... » | Thinking Blogger Award » | Porque, felizmente, o futuro aceita Visa » | Da aplicabilidade da dialéctica a conversas de caf... » | Na Jukebox Mental » | not all, but somethings about f. (and me) »

Frank Sinatra morreu em 14 de Maio de 1998. Mas deixou-nos o seu mundo. Este feito de irrepreensíveis Smokings, melodias tépidas esculpidas à medida para dias frios, cocktails e cigarros, tacos de baseball e piscadelas de olho irresistíveis.

Sedução, para quem soube ler nas entrelinhas, é o maior legado de Sinatra a um mundo que não merece homens tão arrevesadamente bons e não está preparado para homens tão deliciosamente maus.